Seu dinheiro pode ir comedouro abaixo

0
3760

Comedouro

Saiba porque seu dinheiro pode ir comedouro abaixo.

A ração responde por cerca de 70% nos custos de produção dos suínos, e com isso, os técnicos e produtores sempre buscam tecnologias para melhorar o desempenho dos animais e, assim, reduzir o impacto do custo da dieta.
Entretanto, o custo por unidade de quilo da dieta pode não ser um bom indicador dos custos de produção para o suinocultor. Uma maior atenção à quantidade de ração consumida na granja pode ser ainda mais importante.

comedouroA manutenção constante dos cochos pode significar mais lucratividade para o produtor, do que a busca por economia com o preço da ração. É preferível, por exemplo, consumir na granja 10 toneladas de uma ração por dia, à um custo de R$ 0,85, gastando R$ 8.500 reais/dia, do que utilizar 11 toneladas de ração com custo de R$ 0,80, e gastar R$ 8,800 reais/dia (valores para um mesmo lote de animais). Isso porque, apesar do custo de ração ser menor, ele apresenta um gasto mensal de R$ 9.000 reais a mais na granja, devido a displicência no manejo de comedouros.
Diversos fatores influenciam na quantidade de ração utilizada na granja, como: temperatura ambiente, umidade do ar, densidade por baia, sanidade do rebanho, tamanho de partículas de ração e ajuste de comedouros. Além disso, o tipo de comedouro utilizado na granja e como ele é ajustado é um dos tópicos que mais influenciam a quantidade de ração consumida, e consequentemente, a lucratividade do produtor.
O excesso de ração na calha, ou bandeja do cocho, aumenta o desperdício e diminui a eficiência alimentar do plantel. Se os cochos são ajustados para ficar muito fechados, de tal forma que a ingestão de ração seja restrita, a taxa de crescimento será reduzida.

Recomenda-se um cocho com ajuste que permita entre 40 a 60% de ração na calha ou bandeja do comedouro para todas as idades de suínos. Entretanto, se a regulagem do cocho não for feita corretamente e a quantidade de ração na calha ou bandeja for maior do que 60%, podemos observar maior desperdício de ração na granja e consequentemente maior quantidade de ração utilizada.
Em diversas granjas podemos observar que a manutenção dos cochos é negligenciada e consequentemente o custo por Kg de carne produzido é maior do que em granjas que operam corretamente os cochos.
Com isso, o treinamento dos funcionários para fazer o manejo dos cochos, atendendo os animais nas fases de creche, crescimento e terminação, é fundamental para reduzir os desperdícios de ração na granja e consequentemente aumentar a lucratividade do produtor.

Agroceres Multimix. Muito Mais Que Nutrição

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Resolva a conta abaixo *OBRIGATÓRIO