VI Seminário Confinatto - VI Seminário Confinatto reuniu os principais confinadores do Brasil - Blog da Agroceres Multimix

VI Seminário Confinatto – VI Seminário Confinatto reuniu os principais confinadores do Brasil

Evoluir em precocidade, produtividade e qualidade são palavras de ordem na pecuária de corte brasileira para atender um consumidor cada vez mais exigente, tanto no mercado interno quanto no restante do mundo. Neste ano, o Brasil deve produzir mais um recorde na pecuária, algo em torno de 10,5 milhões de toneladas de carne bovina. A demanda por um produto de excelente qualidade tem levado pecuaristas a buscar modelos de negócio e gestão que contemplem toda a cadeia e que sejam cada vez mais eficientes.

O confinamento teve um crescimento considerável nesses últimos anos. O grande salto começou a acontecer a partir do início dos anos 2000, quando as exportações de carne bovina brasileira começaram a ganhar projeções cada vez maiores. Isso incentivou o investimento na engorda acelerada de animais, com o objetivo de alimentar o apetite da indústria, que não parava de crescer.

Nutrição Animal - Agroceres Multimix

VI Seminário Confinatto

Consolidado como um dos maiores eventos para confinadores no Brasil, a Agroceres Multimix realizou o VI Seminário Confinatto em Ribeirão Preto – SP. Com mais de 200 confinadores de todo o país, o evento reuniu mais de 1,2 milhões de cabeças de gado confinadas, representando mais de um quarto de todo o rebanho nacional.

Realizar uma gestão adequada e completa da propriedade é de extrema importância para o sucesso do negócio. Diante desta realidade, a Agroceres Multimix proporcionou aos produtores a oportunidade de acesso às informações dos mais renomados especialistas do setor. Com um planejamento embasado nas dificuldades e desafios do atual cenário da pecuária de corte, nossos  especialistas, desenharam uma excelente programação para o evento, que contemplou assuntos importantes e relevantes para o pecuarista brasileiro.

Mitos e verdades sobre o ganho compensatório (Flavio Dutra de Resende); Experiência norte-americana versus brasileira em confinamento (Jhones O. Sarturi); O mercado futuro do boi (Leandro Bovo e Silva); e Cenários políticos para 2015 e seus impactos no mercado de carne (Sérgio De Zen) foram os temas escolhidos para essa edição do Seminário Confinatto. Contamos ainda com a participação dos mediadores para as mesas redondas Miguel Cavalcanti e Danilo Vieira Grandini.

Palestrantes renomados da pecuária nacional, presença dos maiores confinadores do país, ampla cobertura das mídias impressas e televisivas, troca de informações e experiência entre os participantes e para finalizar com chave de ouro uma belíssima confraternização. Esses foram os destaques do melhor evento de pecuária de corte do país.

A Pecuária de Corte é um dos principais mercados de proteína do mundo. A Agroceres Multimix acredita no fortalecimento do setor, a partir da integração de produtores, da disseminação de informação, do desenvolvimento novas pesquisas e da criação de produtos e ingredientes desenhados para cada realidade. Dessa forma a empresa contribui para o crescimento dos seus clientes e do agronegócio brasileiro.

 

Depoimentos:

“É sempre importante participar de eventos como o Seminário Confinatto, para conhecer novas ideias, novos trabalhos e novas maneiras de se produzir. Sou cliente da Agroceres Multimix há cerca de dois anos e me mantenho fiel a esta parceria, pela qualidade da nutrição animal e confiança que tenho na marca.” José Reginaldo Queiroz Pereira – Confinador de Vazante, em Minas Gerais

“O evento foi espetacular, uma oportunidade fantástica para debater novos olhares. Gostaria de parabenizar a Agroceres Multimix pela iniciativa de trazer pessoas tão especiais para falar conosco.”  Abel Leopoldino – produtor de ciclo completo em Água Boa, no Mato Grosso

Agroceres Multimix. Muito Mais Que Nutrição

Eric Wood

Eric Wood

Eric Wood é coordenador de marketing na Agroceres Multimix

VOCÊ TAMBÉM PODE CURTIR...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *