Ovo e o mito sobre o colesterol

1
208

Por muito tempo acreditou-se que a inclusão de ovo na dieta humana trazia vários riscos cardiovasculares devido à sua alta concentração de colesterol, contida exclusivamente na gema. Em décadas passadas, esse alimento tão apreciado pela culinária no mundo todo possuía uma péssima reputação, o que refletia diretamente no mercado desse produto.

Nutrição Animal - Agroceres MultimixAcontece que o ovo possui, sim, uma grande quantidade de colesterol. Porém, alguns mitos relacionados à atuação desse lipídio em nosso organismo foram detonados. Pesquisadores descobriram que apenas uma parcela irrisória de colesterol é absorvida pelo corpo através dos alimentos e que a maior parte é sintetizada pelo fígado, ou seja, pessoas que estão predispostas a ter o colesterol mais alto continuarão com seus índices elevados, ingerindo ovos ou não.
Recomenda-se uma ingestão máxima de colesterol de 300mg por dia. Sabendo que um único ovo possui aproximadamente 185mg de colesterol, se comêssemos 2 unidades, já ultrapassaríamos o valor ideal. Entretanto, o corpo humano por si só produz o colesterol naturalmente, uma quantidade diária que fica entre 1 e 2g, valor muito acima do recomendado, mas que utilizamos para executar várias funções essenciais do nosso metabolismo.

Nutrição Animal - Agroceres MultimixExistem ainda duas classificações simples para o colesterol: o HDL (Lipoproteína de Alta Densidade), conhecido como colesterol bom, e o LDL (Lipoproteína de Baixa Densidade), o colesterol ruim. O ovo, nesse caso, contribui em sua grande parte com o HDL, além de ser rico em nutrientes básicos que contribuem com nosso organismo, desde a formação do feto até o crescimento infantil.
Se isso não for suficiente para mostrar a contribuição desse alimento para a vida, confira mais algumas de suas propriedades:
• A casca constitui cerca de 11% do produto e é responsável pela proteção dos nutrientes do ovo, contendo grande quantidade de carbonato e cálcio. A gema (31% do ovo), é o local onde se concentram a maior parte das vitaminas (com exceção da vitamina C), possui maior valor calórico, além de gorduras e proteína. Na clara, encontramos basicamente água e proteína (principalmente a ovoalbumina).

Nutrição Animal - Agroceres Multimix

• Lipídios – Fonte de ácidos graxos saturados e insaturados, abrangendo ácidos graxos essenciais;
• Vitaminas – As lipossolúveis: A, D, E e K e as hidrossolúveis do complexo B;
• Colina – Vitamina precursora da fosfatidilcolina e acetilcolina, importantes no funcionamento cerebral. Reduz a absorção intestinal de colesterol;
• Minerais – Cálcio, Fósforo, Ferro, Zinco e Selênio;
• Proteínas ricas em aminoácidos essenciais.

Nutrição Animal - Agroceres Multimix

Após os diversos estudos sobre os valores nutricionais dos ovos, nutricionistas passaram a comparar o ovo ao leite materno, ou seja, um alimento de alto valor nutritivo e funcional. A inclusão desse alimento no dia a dia garante uma dieta balanceada, e se associada a frutas, vegetais e alimentos integrais, pode auxiliar na perda de peso. Se consumido no café da manhã, por exemplo, gera maior saciedade e reduz consequentemente a ingestão de mais alimentos ao longo do dia. Um produto completo e cheio de benefícios.

Agroceres Multimix. Muito Mais Que Nutrição.

1 COMENTÁRIO

  1. Sempre gostei de comer ovos,em diversas formas;cozido,frito,e omelete,mas o que mais aprecio é a deliciosa gemada.
    nunca acreditei na história de que se comer ovos todo os dias fazem mal a saúde aumentando o nível de colesterol,mas as pessoas nunca buscam informações devidas sobre o que faz bem,ou o que faz mal a saúde.
    Após ler esta matéria sobre o ovo,e o mito do colesterol,fiquei ainda mais esclarecido sobre este precioso alimento,que é usado como uma das principais matérias primas de uma confeitaria.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui