Início Bovinos de Corte O que eu faria antes de iniciar a suplementação dos animais

O que eu faria antes de iniciar a suplementação dos animais

2
653
estrutura de cocho suplementação
Figura 1 – O tamanho de cocho deve ser adequado ao tamanho do lote

Se você decidiu iniciar um programa de suplementação para os seus animais, parabéns!

Sem dúvida, assumir uma boa estratégia de suplementação é um passo importante que te ajudará otimizar a produção na sua fazenda.

Espero que sua escolha tenha sido tomada com uma boa análise do custo-benefício e da capacidade operacional da fazenda, ou seja, que você tenha levado em consideração, além do desembolso com a nova estratégia:

        • a qualidade do suplemento que será utilizado,
        • a gestão de recursos,
        • a área de cocho,
        • a frequência e horário de fornecimento,
        • bem como a capacidade operacional de distribuição de suplemento pela fazenda.

Planejamento feito, agora é hora de colocá-lo em prática!

Nos tópicos que seguem estão listadas algumas ações que eu faria para aumentar o sucesso do programa de suplementação dos animais. Pense nelas como itens para compor um painel de gestão à vista, como uma ferramenta para elevar o nível de consciência da equipe e aumentar o comprometimento com a execução das tarefas.

1. Definiria o objetivo do programa

Antes de tudo, é fundamental saber o que você pretende alcançar com a suplementação. Ter um objetivo claro orientará suas decisões e aumentará o comprometimento dos envolvidos em alcançar o resultado proposto, seja para:

        • melhorar o ganho de peso,
        • aumentar a fertilidade ou
        • preparar os animais para a comercialização.

Se, por exemplo, o objetivo for melhorar o ganho de peso durante o período de recria, seu programa pode focar em suplementos proteicos e energético. Deixe claro o objetivo de ganho a ser alcançado: GMD meta 0,800 kg/dia.

2. Explicaria o “Porquê”

Comunique a equipe e os colaboradores sobre o motivo por trás do programa de suplementação. Mostre como isso contribuirá para alcançar os resultados propostos e o benefício financeiro para a fazenda.

Isso também ajuda a obter o comprometimento de todos. Se você está buscando, por exemplo, maiores ganhos reprodutivos, explique como a suplementação pode ajudar a vaca a ciclar melhor e com isso melhorar sua prenhez.

3. Determinaria o local e o momento

Identifique onde e quais animais serão suplementados. Estabeleça um roteiro e um horário para fornecimento do suplemento para os animais.

Por exemplo, iniciar a distribuição do suplemento sempre no período da manhã, abastecendo os cochos dos retiros A, B e C às segundas, quartas e sextas e dos D e E às terças e quintas. Sempre checar os estoques dos depósitos e manter o quadro do galpão atualizado.

4. Delegaria responsabilidades

Defina quem será responsável pela execução e controle da suplementação. Pode ser um capataz, um peão ou alguém designado para essa tarefa. Certifique-se de que essa pessoa esteja bem-informada sobre os procedimentos.

Lembre-se de anular o risco do óbvio, ou seja, se o ‘João’ for designado para essa tarefa, explique a quantidade exata de suplemento a ser oferecida e como monitorar o consumo.

5. Desenvolveria uma rotina de controle

Implemente um sistema de monitoramento (semanal/mensal) para avaliar o progresso do programa. Neste tópico entra a gestão dos números, comparando o consumo previsto para a estratégia e o consumo observado. Monitore e faça ajustes quando necessário.

O processo de registro das anotações é uma parte vital da rotina de controle do programa de suplementação. Opte por uma ferramenta de registro que se adeque às suas preferências e à disponibilidade de recursos.

Pode ser uma planilha de Excel, um aplicativo, ou mesmo um caderno físico. Certifique-se de que seja prático e fácil de usar.

6. Avaliaria e ajustaria constantemente

Ao final de cada período, faça o fechamento dos resultados e compartilhe com a equipe. Neste momento, é de extrema importância entender os acertos e desvios que influenciaram no resultado.

Avaliar e ajustar são palavras-chave quando se trata de um programa de suplementação. Lembre-se que as variações do ambiente impactam diretamente o sistema produtivo.

Isto significa que você deve estar sempre atento aos resultados e pronto para fazer ajustes quando necessário. Por fim…

Não se esqueça de que, além da gestão da suplementação, cuidar e manejar bem o pasto é fundamental para garantir o sucesso do programa de suplementação. Boa sorte!

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Resolva a conta abaixo *OBRIGATÓRIO